Ricardo Arona prevê retorno às lutas até fim de 2013

Ricardo Arona prevê retorno às lutas até fim de 2013
Compartilhe:

 


Arona lutou pela última vez em setembro de 2009 (Foto Eduardo Ferreira)

 

Os fãs de Ricardo Arona ficaram “órfãos” em 12 de setembro de 2009, quando a fera venceu o ex-campeão do UFC, Marvin Eastman, por decisão unânime dos juízes laterais, em sua última luta profissional.

O “Tigre Brasileiro” segue longe dos treinos. O foco e atenção de Arona estão voltados na finalização das obras do Centro de Treinamento que deverá ser inaugurado ainda no primeiro semestre de 2013, em Niterói, sua cidade natal. Mas, ele não descarta uma volta aos cages no final de 2013.

“Estou terminando só agora as obras do meu Centro de Treinamento. Acabei interrompendo durante um tempo as obras, mas agora está fechando. Quero começar um treinamento para no final do ano fazer uma luta, passando por uma reciclagem nos meus treinos. Se tudo der certo, no final do ano volto a lutar”, revelou, em entrevista à TATAME.

No mês passado, Arona teve seu nome vinculado numa revanche contra um antigo algoz. O duelo seria contra Rameau Sokoudjou, que o nocauteou pelo Pride, mas o próprio lutador faz questão de rechaçar o rumor, apesar de revelar que ainda é motivo de cobiça de muitos eventos.

“Não fui procurado por esse evento, nenhuma conversa rolou. Fiquei sabendo desse rumor há três dias, mas não passa mesmo de uma especulação, uma falsa especulação. Eu sempre recebo propostas para lutar, mas na verdade não tenho nada fechado ainda. Estou cuidando da minha vida particular para depois pensar em voltar 100%”, declarou.

Volta ao Submission ‘mais fácil’

 


Arona brilhou nas edições do ADCC em que participou (Foto Marcelo Alonso)

 

Ricardo Arona trilhou um caminho de sucesso também na luta agarrada. Invicto no Submission, o faixa-preta de seu xará Libório faturou peso e absoluto no ADCC 2001, despachando nomes como Tito Ortiz, Jon Olav Einemo, Saulo Ribeiro e Vitor Belfort. Na edição de 2003 da maior competição de grappling do mundo, Arona se sagrou campeão da superluta ao superar o norte-americano Mark Kerr.

E pode ser justamente no Submission que Ricardo Arona retorne à ativa: “Ainda estou pesando as coisas, quero saber o que vale a pena para mim. Quero voltar treinando Jiu-Jitsu, mas para competir já é uma coisa mais complicada. Se fosse uma luta no Submission, seria mais fácil para mim. Eu poderia treinar em menos tempo e estar pronto para lutar”.

“Uma coisa é certa: eu vou voltar, só estou esperando o momento certo”, encerra, convicto.

Fonte: http://www.tatame.com.br/longe-do-mma-ricardo-arona-cre-em-volta-mais-facil-ao-submission/

Compartilhe: